NUMA PARANOIA DA ENCRUZILHADA E DE PENSAMENTOS BLOQUEADOS NA VONTADE DE SER RETA E NÃO INCERTA  Nº 1

Desde 2022

da série "Frases do corpo"

vídeo

58'14'' em loop

300 cm x 165 cm 

"Numa paranoia da encruzilhada e de pensamentos bloqueados na vontade de ser reta e não incerta" é um vídeo em preto e branco inspirado na frase da poeta portuguesa Raquel Lima, com duração de 58 minutos e 14 segundos, rodado em um looping da sequência filmada seguida pela mesma revertida. Como suporte, parede branca ou de cor clara e projeção com tamanho ideal de 300 cm x 165 cm. O vídeo foi criado a partir da filmagem de uma performance/improvisação própria, tendo como cenário espaço pictórico que sugere camadas, dando a impressão de um corpo preso e bloqueado tentando se movimentar e sair da encruzilhada que a frase sugere.

O trabalho faz parte da série "Frases de corpo", na qual busco com meu corpo ler de diferentes formas uma sentença, tentando imaginar um corpo que se movimenta por essas palavras, espaços e pontuações. A proposição desencadeia o improviso, as palavras vêm e vão. E quanto mais estou cansado, mais difícil é lembrar delas, assim como dos significados.

FRAMES DO VÍDEO