NOCTURNO

2017 – 2018

Seduzido pelas ruas do centro, que se transforma durante a noite com o surgimento de seres da madrugada ocupando o espaço urbano com sua própria dinâmica.

 Do alto de minha janela, sou privilegiado observador, me preservando de ser notado ou interferir. À partir de então, me aproprio desse material para poder transformá-lo em uma reflexão sobre a quem pertence o espaço das cidades. O que os olhos do dia não querem ver, a noite se faz protagonista.

Seduced by the downtown streets, which transform at night with the appearance of beings of the dawn occupying the urban space with its own dynamics.

 Behind my window, I am privileged observer, preserving myself from being noticed or interfering. From then on, I appropriate this material to be able to transform it into a reflection on who belongs the space of cities. What the eyes of the day don't want to see, the night is protagonist. 

Curadoria/Curator Lucila Horn